O PRUMO, O NÍVEL, A VARA E O CORDEL

O PRUMO, O NÍVEL, A VARA E O CORDEL

Textos:
Amós 7:7-8 – Ele me mostrou ainda isto: o Senhor, com um prumo na mão, estava junto a um muro construído no rigor do prumo.
E o SENHOR me perguntou: O que você está vendo, Amós? “Um prumo”, respondi. Então disse o Senhor: Veja! Estou pondo um prumo no meio de Israel, o meu povo; não vou poupá-lo mais.

 

Isaías 40:3 – 5 Eis a voz do que clama: Preparai no deserto o caminho do Senhor; endireitai no ermo uma estrada para o nosso Deus.
Todo vale será levantado, e será abatido todo monte e todo outeiro; e o terreno acidentado
será nivelado, e o que é escabroso, aplanado.
A glória do Senhor se revelará; e toda a carne juntamente a verá; pois a boca do Senhor o disse.

 

Apocalipse 10:11; 11,1Então me foi dito: “É preciso que você profetize de novo acerca de muitos povos, nações, línguas e reis Deram-me um caniço semelhante a uma vara de medir, e me foi dito: Vá e meça o templo de Deus e o altar, e conte os adoradores que lá estiverem. 

 

2 Reis 21:13 – “E estenderei sobre Jerusalém o cordel de Samaria e o prumo da casa de Acabe; e limparei a Jerusalém, como quem limpa o prato, limpa-o e vira-o para baixo. 
O prumo, nível, vara e cordel são instrumentos usados para se fazer uma avaliação, medição e veracidade de um trabalho de alvenaria entre outros, podemos também fazer uma aplicação no sentido espiritual com relação à conduta humana, se estar aprumado ou desalinhado no seu comportamento. O prumo é mencionado na bíblia como instrumento para alinhar ou aprumar espiritualmente o comportamento do povo.

 

  1. Utilidades dos instrumentos

1.1. O prumo nas escrituras é representado pela palavra de Deus, que serve de regra para a nossa conduta e ética cristã, ela é o cânon (regra, preceitos, disciplina eclesiástica) vara de medir que rege as nossas vidas

O prumo é usado para fazer avaliações verticais em alvenarias, basta olhar como o pedreiro trabalha com o prumo, pois este mede espiritualmente a nossa postura com relação a Deus.

 

1.2. O nível serve para nivelar, igualar, deixar plano, verificar declive e aclive, alinhar, é valido mais para superfícies horizontais, podendo se referir a nossa situação como estamos vivendo aqui se uma vida reta diante dos homens na presença de Deus ou cheia de altos e baixos.

1.3. vara era uma medida te tamanho
Efésios 3:17-19 – Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor,
Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade,
E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.

 

1.4. Cordel era uma linha ou cordão barbante que é usado como figura para se fazer medidas, a bíblia menciona que Deus media com cordel, isso se referia a medição espiritual do seu povo (Ez 47:3).

 

1.5. Deus também aproveita os símbolos balança, pesos e medidas, para avaliar também a nossa conduta, a sua balança é fiel (Dn 5.27). Mas em algumas vezes Deus deixa de usar prumo, cordel e nível para usar a espada como fez na casa de Davi e de tanto outros para executar a sua justiça (2 Sm 12:9,10); Deus também usa o anzol, este colocado no nariz impede, ou seja, limita como se fazia com os escravos e cativos (2 Rs 19.28).

 

  1. Em que situação Deus usa expressão figurada para nos corrigir?
  2. a) Quando deixamos de guardar os preceitos (lei) do Senhor (Josué 1:7-8 Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares.
    Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.
    )

– b) Quando andamos segundo os nossos caminhos;

  1. c) Quando endurecemos o nosso coração e não queremos dar importância a voz do Espírito Santo.

 

Devemos ter cuidado para que o prumo de Deus não chegue até nós como justiça, ele não se intimida e nem é levado por idade e nem respeito humano, Abraão com noventa anos ouviu a voz de Deus dizendo: Anda na minha presença e ser perfeito (Gn 17.1), não importa quem você seja, ande na presença de Deus, que possamos dizer como disse Jó pesa-me em balança fiel e saberá a minha integridade, isso significa vida e consciência limpa diante do Senhor e dos homens.

 

Amós, Quem era ele: 

Seu nome significa “carregador”. Era um cidadão da tribo de Judá. Foi boiadeiro e recolhedor de figos silvestres, era natural de Tecoa, situada a 19 quilômetros de Jerusalém e a 9 quilômetros de Belém. Pertencia, portanto, à região da Judeia.

Não era da corte como Isaías, nem sacerdote como Jeremias. Era simples homem de trabalho. Era, pastor – boieiro – e cultivador de sicômoros. “Cultivador” significa “podador” ou “picador” do fruto do sicômoro, – um figo bravo comido somente pelos mais pobres – fruta essa que só amadurecia quando picada.

Amós foi contemporâneo de Oséias e Jonas. Embora natural da Judéia, profetizou contra Israel.

Ele em seu ministério teve varias visões:

(a) A visão dos gafanhotos, 7:1-3.

(b) A visão do fogo, 7:4-5.

(c) A visão do prumo, 7:7-9.

(d) A visão de um cesto de frutos de verão, 8:1-3.

(e) A visão de um santuário derrubado, 9:1-10.

A visão do prumo.

INTRODUÇÃO
*Deus estaria medindo a condição espiritual do povo judaico e paralelamente a igreja nos dias atuais;
-Deus nos deu liberdade de escolha;
-Podemos escolher a vida ou morte eterna;
-Nós determinamos nosso próprio juízo;
-Quando escolhemos nosso próprio caminho, definimos nosso destino para a morte eterna;

Mas eu como um profeta aqui, quero fazer uma proposta já de imediato:
-Se escolher os caminhos de Deus, viverá com Ele pela eternidade;
-Ele nos permite fazer escolhas morais e espirituais e, então viveremos as consequências de nossas escolhas;

-Deus vai medir seu povo, como uma parede, e conferir se está no prumo;
-A integridade moral, a retidão espiritual, e o compromisso da igreja, está sob o exame minucioso de Deus.

Na Integridade Moral: fala do homem que é integro moralmente, honesto , reto, imparcial para com o seu semelhante e para consigo, você tem sido integro moralmente, ou tem criado situações para prejudicar o seu próximo, com palavras fúteis, sempre tentando encontrar oportunidades para denegrir alguém?
Isso é chamado: Obras da carne, e é exatamente ai queremos tratar nessa manhã.

Gálatas 5:19-21  Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.

Prostituição/ Imoralidade Sexual: como filmes, revistas, figuras, novelas, etc…
Impureza: Pecados Sexuais, Atos Pecaminosos, Vícios, maus pensamentos, desejos maus no coração;
Lascívia: veste-se , e comportam-se sensualmente, pessoas que seguem as suas próprias paixões e desejos, a ponto de perder a vergonha e a decência;
Idolatria: adoração a espíritos, pessoas, ídolos, ou objetos, como se tivesse autoridade igual ou maior que a de Deus e a sua Palavra.
Feitiçarias: Em 1 Samuel 15:23:Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti, para que não seja rei”. 

 
Inimizades:
 Intenções e ações hostis, antipatia e inimizades extremas; (1º João 2:11) “Mas aquele que aborrece o seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir, porque as trevas lhes cegaram os olhos”
Porfias: Brigas, oposição a autoridades constituídas na igreja, trabalho, luta por ter uma posição melhor e maior que todos, na igreja, trabalho etc….
Emulações: Ressentimentos, inveja amarga do sucesso dos outros;
Iras: Fúria explosiva que irrompe através de palavras e ações violentas;
Pelejas: Ambição egoísta e a cobiça do poder;
Dissensões: Introduzir ensinos, palestras, conversas, “orações”, sem qualquer respaldo na Palavra de Deus; o que traz revolta no meio do povo
Heresias: Grupos divididos dentro da congregação, formando conluios ou seja conspiração, maquinação, para destruir uma liderança ( Entra o Espírito de Jezabel)
Invejas: Antipatia ressentida contra outra pessoa que possui algo que não temos e queremos;
Homicídios: Matar o Próximo por perversidade (Fisicamente) é um homicida, (1º João 3:14-15) “Nós abemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos, que não ama a seu irmão permanece na morte; qualquer que aborrece a seu irmão é homicida, e vós sabeis que nenhum homicida tem permanente nele a vida eterna”
Bebedices: descontrole das faculdades físicas e mentais; (Provérbio 23:21) “Porque o beberrão e o comilão, cairão em pobreza; e a sonolência faz trazer as vestes rotas” 
Glutonarias: diversões, festas com comida e bebida de modo extravagante e desenfreado, envolvendo drogas sexos e coisas semelhantes
As palavras de Paulo sobre as obras da carne são severas e enérgicas: quem se diz cristão e participa dessas atividades iníquas EXCLUÍ-SE DO REINO DE DEUS, não terá salvação.
-Muitos cristãos não conseguem perceber o que está acontecendo com sua vida;

-Deus está trazendo confrontos à sua igreja, no âmbito da integridade moral e espiritual, nos relacionamentos, etc… E muitos dizem: tenho passado uma luta terrível em tal área!
O Primeiro a cair foi o sistema de adoração;

(Amós 7:9) “Os altares idolatras de Isaque serão destruídos, e os santuários de Israel ficarão em ruínas”


-Em muitos lugares nos dias de hoje, a adoração está falida, os adoradores, não tem vida com Deus, o mundo diz que está dentro do que se diz ser adorador; mas Deus não esta nesta adoração;
-Não poderá haver adoração ao Senhor, se não houver temor, santificação, amor, separação do mundo e compromisso com o Senhor.

As medidas do homem não importam de certa forma, mas o prumo de Deus está aqui ainda hoje.

Paulo diz em 1ªCo 11 examine-se o homem a si mesmo…

 

CONCLUSÃO:
-A igreja de hoje, precisa se arrepender ao pó e a cinza, com jejum e oração, pois tem negligenciado ao Senhor e a Sua Palavra;
-Preferem estar em outras partes mil, do que estar na presença do Senhor;
-Negam o amor do Senhor, por coisas vans, passageiras;
-Deus dá por misericórdia a seus filhos, um bom trabalho, oportunidade de passar no vestibular, um bom casamento, bens materiais etc…, e depois de receber tudo isso, deixam de buscar ao Senhor;
-Quando são convidados a buscar mais ao Senhor estão cansados, ou não tem tempo;
– Para estes Isaías adverte:

(Isaías 15:6) “Tu me deixaste, diz o Senhor, voltaste para trás, por isso, estenderei a mão contra ti e te destruirei; estou cansado de voltar atrás”

Pr. Wilian Gomes

 

Deixe uma resposta